56 anos da estreia brasileira na Libertadores

O EC Bahia, campeão da Taça Brasil de 1959, foi o primeiro representante brasileiro na competição. A Copa dos Campeões da América de 1960 foi a 1ª edição da maior competição do futebol sul-americano, conhecida atualmente como Taça Libertadores. Organizada pela Conmebol, o torneio contou com a presença dos campeões nacionais de 7 países sul-americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai

O representante do Brasil nesta histórica edição foi o Esporte Clube Bahia. O tricolor de ferro havia sido campeão da Taça Brasil de 1959, desbancando o favorito Santos de Pelé. No confronto da primeira fase, os brasileiros, comandados pelo argentino Carlos Volante, tinham como adversário o San Lorenzo, da Argentina. A equipe de Almagro representava o seu país depois de quebrar um jejum de 13 anos sem títulos nacionais e tinha em seu plantel o atacante José Sanfilippo, o maior goleador da história do clube.

No primeiro jogo, em 20 de abril de 1960, o San Lorenzo atropelou o defensivo Bahia por 3 a 0, no estádio de El Palacio. Treze dias depois, os brasileiros venceram o jogo de volta, na Fonte Nova, por 3 a 2, porém, o resultado não foi suficiente para o Tricolor de Aço prosseguir na competição.

Independente do resultado, o Bahia entrou para história do futebol brasileiro como o primeiro representante do país na Libertadores. O clube voltaria ao torneio em outras duas oportunidades: 1964 e 1989.

SAN LORENZO (Argentina) 3 x 0 EC BAHIA (Brasil) – 20 de abril de 1960 – Estádio: Huracán, em Buenos Aires (ARG)
Gols: Rossi, Ruiz e Sanfilippo (SAN LORENZO)
SAN LORENZO: Vladimir Tarnawski, Páez, Iñigo, Castillo, Reynoso, Ravecca, Héctor Facundo, Ruiz, Oscar Rossi, José Francisco Sanfilippo, Norberto Boggio.
EC BAHIA: Nadinho, Leone, Henrique Santos, Beto, Flavio Santos, Vicente Arenale Filho, Marito, Alencar, Leo, Ari, Biriba.

EC BAHIA (Brasil) 3 x 2 SAN LORENZO (Argentina) – 3 de maio de 1960 – Estádio: Fonte Nova, em Salvador (BRA)
Gols: Carlitos, Flavio, Marito (EC BAHIA); Sanfilippo 2 vezes (SAN LORENZO).
EC BAHIA: Nadinho, Leone, Henrique Santos, Beto, Flavio Santos, Nelzinho, Marito, Leo, Carlitos, Mário, Biriba.
SAN LORENZO: Vladimir Tarnawski, Cancino, Iñigo, Castillo, Reynoso, Ravecca, Héctor Facundo, Ruiz, Oscar Rossi, José Francisco Sanfilippo, Norberto Boggio.

Jonathan Silva

Sobre Jonathan Silva

Jonathan Silva já escreveu 82 posts nesse site..

Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

BetWarrior


Poliesportiva


Jonathan Silva
Jonathan Silva
Um jornalista de 23 anos que simplesmente ama futebol. Trabalhou nos jornais Folha Metropolitana e Metrô News, de São Paulo, todos como repórter. Atualmente é assessor na empresa TBL Comunicação. Por paixão, há três anos criou o blog Gol de Canela Futebol Clube, que procurar contar um pouco sobre história do futebol.

    Artigos Relacionados

    Topo