37 anos de Ronaldinho Gaúcho: espetáculo com os pés

Nesta terça-feira (21), Ronaldo de Assis Moreira, Ronaldinho Gaúcho, Ronaldinho ou “Dinho”, completa 37 anos, quatro nomes para o mesmo craque que, em sua carreira, teve o auge mais espetacular do século XXI até então. Relembraremos momentos vitoriosos de um dos jogadores mais queridos do país, campeão da Champions League, da Libertadores da América e da Copa do Mundo de 2002.

Ronaldinho ficou conhecido no Brasil aos 18 anos, na conquista do Campeonato Gaúcho de 1999, pelo Grêmio. Seu jeito ofensivo e cheio de dribles chamou a atenção de todos, tanto que foi convocado para a Seleção Brasileira que disputaria a Copa América no mesmo ano.

[wpdevart_youtube]6Y9S3uj22a0[/wpdevart_youtube]

Provavelmente Dunga não o convocou para a Copa do Mundo de 2010 por causa desses lances…

[wpdevart_youtube]SaV753UN8gY[/wpdevart_youtube]

Sua estreia pela Seleção foi contra a Venezuela, fazendo esse golaço. O lance repercutiu com a famosa narração de Galvão Bueno: “Olha o que ele fez, olha o que ele fez…

Em 2001 Ronaldinho assinava com o Paris Saint-Germain, para a Europa presenciar de perto o crescimento do craque, mas na França não se encontrou, jogou duas temporadas pela equipe parisiense e não venceu títulos importantes. No ano seguinte Ronaldinho venceria a Copa do Mundo com Ronaldo, Rivaldo e Roberto Carlos.

[wpdevart_youtube]t7RbFdCbWkA[/wpdevart_youtube]

Ele ainda fez esse golaço de falta, contra a Inglaterra, nas quartas de final da Copa.

Depois disso, o jogador deixou claro que não queria mais atuar com a camisa do PSG, foi quando o Barcelona apareceu e o levou para a Catalunha, em 2003. Logo em sua primeira temporada fez o clube ficar na segunda colocação do Campeonato Espanhol.

[wpdevart_youtube]pCXwTqoFaMA[/wpdevart_youtube]

Mas foi na temporada 2004/05 que o mundo viu Ronaldinho Gaúcho brilhar, foi neste ano que o Barcelona conquistou o Campeonato Espanhol e a Supercopa da Espanha. O jogador ainda venceu o Prêmio de Melhor Jogador do Mundo da FIFA e rapidamente ia se tornando um dos maiores ídolos da equipe Catalã.

[wpdevart_youtube]57V4z_MnJSE[/wpdevart_youtube]

Seus lances espetaculares se tornavam cada vez mais… “comuns”.

Na temporada 2005/06, ninguém conseguia parar o Barcelona e Ronaldinho, conquistaram novamente o Campeonato Espanhol e  Supercopa da Espanha, além da UEFA Champions League, campeonato mais cobiçado da Europa. Eleito mais uma vez o Melhor Jogador do Mundo da FIFA e vencendo o Ballon d'Or, prêmio entregue pela revista francesa France Football, que elege os melhores jogadores atuando no Velho Continente.

[wpdevart_youtube]9O3otJu2FWE[/wpdevart_youtube]

Ainda em 2005, no jogo entre Barcelona e seu arquirrival, Real Madrid, Ronaldinho foi reverenciado pela torcida Merengue após o Barcelona vencer por 3 a 0. Um fato inédito no El Clásico.

[wpdevart_youtube]aPbICXBnZHQ&t=78s[/wpdevart_youtube]

As temporadas de 2007 e 2008 foram marcadas por lesões de Ronaldinho, o que acabou fazendo com que o jogador saísse do clube em 2008, mas antes foi “tutor” de um jovem atacante argentino: Lionel Messi. Era o começo de uma Era e o fim de outra.

[wpdevart_youtube]-OJxR4VQSxk[/wpdevart_youtube]

Em 2008, Ronaldinho assinava com o Milan, da Itália, onde não teve o mesmo futebol apresentado no Barcelona, muito menos os títulos conquistados. Mas começou a adotar um estilo de jogo diferente, saindo das pontas para se tornar um meia clássico.

[wpdevart_youtube]PhjaxEFCTOI[/wpdevart_youtube]

Em 2010, o Milan enfrentou o Barcelona pelo Troféu Joan Gamper, nesta partida a equipe de Milão perdeu de 3 a 1, mas o capitão Puyol, da equipe Catalã, entregou o prêmio para Ronaldinho como forma de agradecimento.

[wpdevart_youtube]GMaQLeBToRo[/wpdevart_youtube]

Ronaldinho retornaria ao futebol brasileiro em 2011, vários clubes o disputaram – inclusive o Grêmio, clube que o revelou – mas acabou optando pelo Flamengo, onde foi campeão do Campeonato Carioca de 2011 e protagonista em uma partida memorável contra o Santos de Neymar no Brasileirão 2011.

[wpdevart_youtube]LUiaxVRytVk[/wpdevart_youtube]

No meio do ano de 2012, Ronaldinho acertava com o Atlético Mineiro. Foi campeão mineiro e campeão da Copa Libertadores da América em 2013, quando entrou para a lista dos poucos jogadores campeões da Champions League e da Libertadores.

[wpdevart_youtube]ha8pnpKmHF8[/wpdevart_youtube]

Golaço de Ronaldinho na campanha do Galo na Libertadores 2013.

Essa foi a última grande conquista de Ronaldinho Gaúcho no futebol, ele ainda teve passagem pelo Querétaro, do México e pelo Fluminense.
No All-Star Game da NBA (jogo das estrelas do Baquete Americano) de 2017, Ronaldinho anunciou sua aposentadoria e que gostaria de fazer alguns jogos de despedida.
[wpdevart_youtube]3OHwBIzMbuQ[/wpdevart_youtube]
Parabéns pelos seus 37 anos, Ronaldinho, seu nome no futebol está marcado junto com outros grandes nomes do Esporte e, nós, torcedores, jornalistas, fãs de futebol e de tudo que o envolve só temos a agradecer por ter o privilégio de ter assistido suas jogadas, dribles, gols e proporcionado ao mundo, um espetáculo com os pés.
Gustavo Garcez

Sobre Gustavo Garcez

Gustavo Garcez já escreveu 16 posts nesse site..

Estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo, nasci em 1997 e sou apaixonado por esportes, principalmente Futebol e Basquete. Pretendo me tornar um profissional relevante para a área do jornalismo esportivo e noticiar sempre o mais imparcial possível, claro e coerente. Você que é um amante do esporte como eu, o Futebol na Veia é o lugar certo para encontrar notícias, opiniões e curiosidades.

BetWarrior


Poliesportiva


Gustavo Garcez
Gustavo Garcez
Estudo Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo, nasci em 1997 e sou apaixonado por esportes, principalmente Futebol e Basquete. Pretendo me tornar um profissional relevante para a área do jornalismo esportivo e noticiar sempre o mais imparcial possível, claro e coerente. Você que é um amante do esporte como eu, o Futebol na Veia é o lugar certo para encontrar notícias, opiniões e curiosidades.

Artigos Relacionados

Topo