1941: O ano que o Rapid Viena foi Campeão Alemão

22 de Junho de 1941, foi nesta data que a Alemanha conheceu seu 1º e único Campeão não-alemão na história da Bundesliga. Dessa forma, depois de estar perdendo por 3 x 0 para o Schalke 04, o grande clube do país naquela época, o Rapid Viena conseguiu uma virada espetacular por 4 x 3 e garantiu o titulo.

LEIA MAIS:

A DIVISÃO DO TORNEIO

Naquele ano, o torneio era composto por 20 equipes em grupos de três e quatro times de regiões diferentes. Dessa maneira cada grupo classificava uma equipe para as fases finais, sendo quatro equipes no total. Nos grupos 1 e 2, haviam subdivisões em dois grupos de três times. Já os grupos 3 e 4, eram formados por quatro clubes.

Por fim, após a 1ª fase, o Rapid, o Schalke, Colônia e o Dresdner, chegaram as fases finais. O Rapid venceu o Dresdner, em Viena, por 2 x 1. Na outra partida, os Azuis golearam por 4 x 1 a equipe do Colônia. Assim, a final ficou entre os Austríacos contra o 04 e a disputa pelo 3º lugar ficou entre Colônia e Dresdner.

A FINAL DE 1941

Após cinco anos depois de sua inauguração, o Estádio Olímpico de Berlim recebeu uma final épica, com um público de mais de 95 mil espectadores. Logo aos 5′ de jogo Heinz Hinz abriu o placar. Em seguida, Hermann Eppenhoff ampliou para os Azuis Reais aos oito minutos. O titulo parecia encaminhado quando na segunda etapa, Hinz marcou novamente aos 13 minutos.

Entretanto, a partida ainda não havia acabado e a reação austríaca veio dois minutos depois do 3º gol dos alemães, com Georg Schors. Logo após, Franz Binder fez o segundo aos 17′ e em seguida aos 20 minutos converteu um pênalti e empatou a partida. Finalmente, aos 26′ minutos o atacante conseguiu o tão famoso Hat-Trick e definiu a vitória do Alviverde austríaco.

Franz Binder, o homem que decidiu a final de 1941.(Reprodução: Site/O Curioso do Futebol)
Franz Binder, o homem que decidiu a final de 1941. (Reprodução: Site/O Curioso do Futebol)

Com um público espetacular na capital Alemã, uma final épica e um título inédito. Esse seriam os ingredientes para que a decisão fosse o grande evento daquele verão em terras alemãs. Porém, a Segunda Guerra Mundial estava em seu ápice e um dos grandes acontecimentos desse conflito também ocorreu no dia 22 de Junho de 1941. Dessa maneira, a guerra foi a justificativa para que o clube austríaco tivesse a chance de ser campeão alemão.

O FUTEBOL ALEMÃO DURANTE OS CONFLITOS DA 2ª GUERRA

Assim, com o governo nazista no poder, o campeonato nacional, entre 1933 e 1945, era chamado de Gauliga. Dessa forma, os participantes da competição eram os vencedores dos campeonatos regionais espalhados pelo território. Posteriormente, entre 1938-39 e 1943-44, a liga austríaca foi incluída no sistema do futebol alemão devido ao Anschluss (Anexação em Alemão), medida essa aplicada pelo governo de Adolf Hitler que uniu a Áustria à Alemanha em 1938.

Em suma, as invasões proporcionadas durante o Terceiro Reich impactaram no futebol da época. Times da França, Polônia e Republica Tcheca chegaram a disputar o Campeonato Alemão, sendo que participavam das diferentes ligas regionais. A Alemanha ocupou territórios como por exemplo: da Silésia, Sudetos e Alsácia-Lorena ao longo da Segunda Guerra Mundial, áreas que faziam parte dos países já citados acima.

A INVASÃO ALEMÃ A UNIÃO SOVIÉTICA EM 1941

Os dois rivais da 2ª Guerra Mundial, Alemanha e União Soviética, determinaram em 23 de agosto de 1939 o Pacto Germano-Soviético, um acordo que propunha a não-agressão de ambos os lados. Entretanto, o cumprimento do Pacto era algo inviável para as duas nações, que desejavam expandir e tinham ideais opostos. Assim, em 22 de Junho de 1941, as tropas Alemãs de Adolf Hitler e aliados atacaram a União Soviética com 3,6 milhões de soldados em três frentes, no que ficou conhecido como Operação Barbarossa.

Contudo, a Blitzkrieg (Guerra Relâmpago em Alemão), que causou a morte de milhares de civis por conta também da fome, teve a sua duração até o dia 5 de Dezembro daquele ano, quando os alemães sofreram com o rigoroso inverno Russo. Porém, os conflitos entre os dois países duraram até o final da 2ª Guerra Mundial.

Tropas Alemãs invadem a União Soviética. (Reprodução: ESPN)
Tropas Alemãs invadem a União Soviética. (Reprodução: ESPN)

Enquanto isso, no futebol, os times alemães eventualmente recuperaram o domínio após 1941. Assim, voltaram a conquistar títulos em 1942, com o Schalke 04, e também em 1943 e 1944 com o Dresdner FC. Em 12 anos de regime nazista, os Azuis Reais foram os grandes vencedores, tendo garantido seis de seus títulos nacionais durante o período de Gauliga. 

Após o titulo dos alviverdes em 1941, o First Vienna ainda disputou a final do ano seguinte, contra o Schalke, mas acabou derrotado por 2 x 0. Dessa forma, com a queda do Terceiro Reich, a Áustria voltou a ser um país autônomo e recuperou sua independência no futebol. Atualmente, o Rapid é o maior vencedor do Campeonato Austríaco com 33 taças, sendo a última delas em 2008.

Foto Destaque: Reprodução/Site/Alambrado

Avatar
Matheus Ventura
Escolhi fazer jornalismo pois tenho um sonho de trabalhar na área esportiva, já desde pequeno ouvia jogos na rádio da minha cidade e acompanhava os campeonatos do nosso país, e outros como o Inglês e o Espanhol e como quase todo menino sonhava em ser jogador. Porém o sonho de ser jogador não deu certo, mas encontrei no jornalismo esportivo uma forma diferente de trabalhar e ser feliz na área do esporte.

Artigos Relacionados