Vitória que anima… derrota que desanima

No Morumbi, jogaram São Paulo x Vitória em jogo valido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017. As duas equipes buscavam os três pontos para, assim, ter dias melhores para a sequência da competição nacional.

O Vitória contava com a estreia do treinador Alexandre Gallo, anunciado por Petkovic, ao final do jogo contra o Fluminense no fim de semana, para comandar a equipe baiana. Já pelo tricolor, Maicossuel, apresentado durante a semana, também estreou já no time titular. Mas o que se viu durante todo o primeiro tempo foi uma pressão dominante por parte do são paulino e um Vitória contra a parede no campo de jogo. Durante os 45 minutos iniciais foram 10 finalizações por parte dos paulistas contra apenas uma do time da Bahia, além disso, um duelo pessoal entre Lucas Pratto e Fernando Miguel, em que o atacante teve três chances claras de marcar, mas foi parado pelo arqueiro rubro negro. Não deu outra! O placar tinha mesmo que ficar no 0 a 0.

Na etapa complementar, o Vitória tentou mudar sua postura e voltou com mais volume de jogo, mesmo assim a equipe da casa era quem dominava as ações da partida, até que aos 19 minutos de jogo, Thomaz, que substituiu Maicossuel, recebeu bom passe de Pratto e bateu no canto direito do goleiro para abrir o placar. Após o gol, Gallo tentou modificar a equipe, com a entrada de Cleiton Xavier no lugar de Uillian Correia e Todinho no lugar de Gabriel Xavier. As substituições melhoraram o time, que teve um chute salvo em cima da linha pelo zagueiro Éder Militão do São Paulo e até conseguiu passar pelo goleiro tricolor, mas a arbitragem anulou o gol, alegando toque de mão do atacante Kieza. Já no fim do jogo o castigo veio para o time baiano, e com retribuição. Thomaz fez boa jogada pela esquerda e deu belo passe de calcanhar para Lucas Pratto, se livrar da marcação e chutar no ângulo do goleiro Fernando Miguel.

O 2 a 0 coloca o São Paulo na 7ª posição da competição com 9 pontos, 4 a menos que o líder Corinthians, que tem 13 pontos, os dois que se enfrentam na próxima rodada na Arena Corinthians no domingo, às 16:00 horas. Já o Vitória, com a sua derrota combinada com a vitória do Atlético-GO sobre a Ponte Preta por 3 a 0, caiu para a lanterna do campeonato com 1 ponto conquistado em 15 disputados, tendo que encarar o Atlético Mineiro também no domingo às 16:00 horas, no horário de Brasília.

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 486 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo