Torque x Nacional – A um passo da história!

Tricolores e Celestes duelam pelo título do Torneio Intermedio neste domingo (10), no Estádio Centenário

NacionalTorque decidem hoje (10/06), o título do Torneio Intermedio do Uruguai, denominado “Señor Juan Carlos Bugallo”. Os tricolores chegaram a final após liderarem o grupo A com 17 pontos. No grupo B, o Torque teve uma missão ainda mais difícil, na qual enfrentava o atual campeão uruguaio e time com o maior número de títulos no país e o deixou em segundo, com um ponto a menos, liderando com 13 pontos. A final acontecerá às 15h, no Estádio Centenário, em Montevidéu. O campeão garante vaga na Supercopa do Uruguai, disputada no início de 2019, com o campeão uruguaio.

Nacional

Nacional vem tentar o seu segundo título na temporada ainda na metade do ano. A chance de ser campeão é gigantesca, uma vez que joga com um time pequeno, com zero peso de camisa, tradição e títulos. Mas só isso não basta para vencer, é preciso jogar muito bem durante os 90 minutos, mas o técnico Alexander Medina terá muitos problemas para escalar o time. Jorge Fucile, corte no posterior esquerdo, deve ficar fora por mais 20 dias, Diego Arismendi, resolve detalhes de sua saída para o Al-Ettifaq da Arábia Saudita, equipe que vai dirigir Leonardo Ramos (ex-técnico do Peñarol) e Gonzalo Bueno, encerrou seu contrato.

O treinador, antes mesmo da final, já está tendo que pensar em como montar o time pós-Copa, pois Alfonso Espino tem oferta da Hungria e seu representante negocia um contrato importante para o lateral, Diego Polenta joga seu último jogo, o capitão pretende levantar um novo troféu para se despedir e trocar de país, deve ir para o México. A escalação é segredo, mas não deve fugir do que vinham apresentando nas últimas partidas.

(Divulgação/Facebook Nacional)

Provável escalação: Esteban Conde; Santiago Romero (González), Rodrigo Erramuspe, Diego Polenta e Alfonso Espino; Matias Zunino, Christian Oliva, Sebastián Rodríguez e Tabaré Viuvez; Gonzalo Bergessio e Sebastian Fernandez. Técnico: Alexander Medina.

Torque

Do lado fraco da coisa, o lado que a grande maioria (exceto os torcedores do Nacional) vai torcer, também podendo chamar de o “pequeno Davi” lutando contra o gigante Golias, o Torque aposta em ser a grata surpresa do Intermedio, por mais que já venha sendo ao chegar a uma final. O técnico Pablo Marini não tem nenhum jogador lesionado ou suspenso para a partida, o único desfalque é Agustín González, que não joga por cláusula no contrato de empréstimo, que pertence aos tricolores.
(Divulgação/Twitter Torque)
Provável escalação: Christopher Fiermarin; Mauricio Gomez, Rak Yonatthan, Faco Mallo e André Teuten; Alvaro Brun, Darío Pereira, Santiago Sáncheo e Gonzalo Sena; Leonardo País e Valentín Castellanos. Técnico: Pablo Marini.

Retrospecto

Esta será apenas a segunda vez que as duas equipes se enfrentam na história. No primeiro jogo, os Tricolores venceram por 4 x 2, gols de Gonzalo Bergessio, duas vezes, Leandro Barcia e Santiago Romero, enquanto os celestes descontaram com Jhoaho Hinestroza e Alexis Rolín (contra).
Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 622 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 24 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 24 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo