Top 5 craques das quartas de final da Copa do Mundo

Veja quais jogadores brilharam nesta fase decisiva da competição
Top 5 craques das quartas de final da Copa do Mundo

As quartas de final da Copa do Mundo 2018 chegaram ao fim neste sábado (7) e nós do FNV elegemos o nosso, já clássico, Top 5 Craques da Rodada. A fase eliminatória foi repleta de jogos emocionantes e mandou alguns gigantes, como o Brasil, para casa mais cedo. Abaixo, listamos os jogadores que foram decisivos na rodada e ajudaram suas seleções a avançarem para a próxima fase da Copa.

TOP 5 – QUARTAS

5º – THIBAUT COURTOIS

O goleiro belga, de quase 2 metros de altura, brilhou durante os 90min do jogo contra o Brasil, defendendo quase todas as bolas que chegavam ao seu gol. Courtois foi implacável na hora de parar o ataque brasileiro e determinante no avanço dos diabos vermelhos para a semifinal da Copa. O arqueiro defendeu um chute de Neymar nos últimos minutos do jogo garantindo, dessa forma, o placar de 2 x 1 para a Bélgica. O gigante ainda alfinetou os brasileiros no final da partida:”Os brasileiros já pensavam que iriam ganhar a Copa do Mundo. E lá está, os vencemos”.

Goleiro belga foi determinante para parar o Brasil. Foto: Catherine Ivill/Getty Images
Goleiro belga foi determinante para parar o Brasil (Reprodução/Catherine Ivill/Getty Images)

4º – DOMAGOJ VIDA

O zagueiro Vida, da Croácia, fez uma das suas melhores partidas na competição, ganhando a maioria das bolas disputadas no setor defensivo. Como se já não fosse o suficiente, o croata – considerado um dos heróis da partida contra Rússia – ainda deu uma de atacante, marcando um gol decisivo durante a prorrogação. Na disputa de pênaltis, Vida voltou balançar as redes com convicção, ajudando a Croácia a eliminar os donos da casa.

 

Vida brilhou na partida contra Rússia (Foto: Nelson Almeida/AFP)
Vida brilhou na partida contra Rússia (Reprodução/Nelson Almeida/AFP)

3º – ANTOINE GRIEZMANN

Com uma ajudinha extra do goleiro Muslera do Uruguai, Griezmann marcou – de longe – um dos gols que garantiram o avanço da França para próxima fase. Bem participativo no jogo, o atacante foi decisivo para ajudar os les bleus a se classificarem. Apesar da felicidade, Griezmann quase não comemorou o gol decisivo. O atleta, que joga pelo Atlético de Madrid, diz que não quis comemorar por respeito, afinal, estava jogando contra amigos.

Griezmann marca na vitória francesa (Foto: Reprodução AFP)
Griezmann marca na vitória francesa (Reprodução/AFP)

2º – JORDAN HENDERSON

O meia foi um dos grandes nomes da Inglaterra na vitória contra a Suécia. Quase todas as bolas do jogo passaram por ele. Ainda no primeiro tempo fez um belíssimo lançamento para Sterling, que foi travado na cara do gol. Na questão defensiva, Henderson se manteve bem posicionado, ganhando a maior parte dos duelos que enfrentou. Ao ser substituído no segundo tempo, o meia foi aplaudido de pé pelos torcedores. O atleta começou a ser considerado, inclusive, como um amuleto para a Inglaterra; nas últimas 30 partidas em que o jogador entrou em campo pela seleção inglesa, os leões saíram vitoriosos de todas.

Henderson é um dos destaques da Inglaterra nas quartas (Foto: Reprodução AFP)
Henderson é um dos destaques da Inglaterra nas quartas (Reprodução/AFP)

1º – ROMELU LUKAKU

O belga vem exibindo grandes atuações individuais nesta Copa. Contra o Brasil, por exemplo, não foi diferente. Lukaku foi o grande nome da Bélgica no jogo que aconteceu na última sexta (6), ganhando quase todas as bolas que disputou. O atacante já tinha sido decisivo na vitória contra o Japão pelas oitavas e, apesar de não ter balançado as redes, foi determinante no avanço dos diabos vermelhos para próxima fase.  Deslocado da posição de centroavante, o camisa 9 fez contra um Brasil um trabalho de pivô impecável, prendeu a bola, disputou jogadas e ajudou na armação belga, sendo responsável, inclusive, por iniciar a jogada que resultou no segundo gol.

<strong>Lukaku é um dos artilheiros da Copa (Reprodução/Manan Vatsyana/AFP)</strong>
Lukaku é um dos artilheiros da Copa (Reprodução/Manan Vatsyana/AFP)

Sobre Camila Pusiol

Camila Pusiol já escreveu 19 posts nesse site..

Camila Pusiol, 23 anos, paulista e aspirante a jornalista. Amante do futebol e de esportes no geral, São Paulina roxa (e chata). Aqui, entre outras coisas, escrevo sobre as dores e as delícias de torcer para o Tricolor do Morumbi.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Camila Pusiol
Camila Pusiol, 23 anos, paulista e aspirante a jornalista. Amante do futebol e de esportes no geral, São Paulina roxa (e chata). Aqui, entre outras coisas, escrevo sobre as dores e as delícias de torcer para o Tricolor do Morumbi.

Artigos Relacionados

Topo