Top 10 melhores jogos do Brasileirão 2018

Em um campeonato equilibrado, excelentes partidas distribuíram emoções de norte a sul do país

O Campeonato Brasileiro de 2018 terminou e viu o Palmeiras se consagrar campeão da competição pela décima vez. Dono de uma série invicta na competição nacional após a chegada de Felipão, o Alviverde assumiu a liderança na 27ª rodada após vitória sobre o Cruzeiro, por 3 x 1, no Pacaembu, e não saiu mais da ponta da tabela.

Apesar do domínio palmeirense, o restante do campeonato foi bastante equilibrado e produziu excelentes partidas em meio a jogos tecnicamente mal jogados. Aqui, o FNV listou os dez melhores confrontos do Brasileirão 2018.

10º – Grêmio 5 x 1 Santos – 4ª rodada

No duelo, o tricolor vinha de uma goleada sobre o Cerro Porteño por 5 x 0 pela Libertadores, e voltou a colocar o mesmo número de bolas na rede diante do Santos. Maicon, com dois golaços, Arthur, André e Everton marcaram para os donos da casa, enquanto Jean Mota descontou para os visitantes em um confronto bastante agitado. Além disso, o goleiro Marcelo Grohe estava há 860 minutos sem levar gol, o que foi desbancado por Jean Mota marcando o gol de honra do peixe.

9º – São Paulo 3 x 2 Botafogo – 8ª rodada

Diante de 25.427 torcedores no Morumbi, em noite inspirada do trio Nenê, Diego Souza e Everton, o Tricolor derrotou o carioca de virada, ainda no primeiro tempo, e continuou invicto na competição. Claro que a arbitragem não passou despercebida nesse jogo ao marcar um pênalti aos donos da casa. No duelo, Everton levou perigo na velocidade, Diego distribuiu grandes lances com chapéus, e Nenê conseguiu dribles interessantes que valeram o ingresso da galera.

8º – 11ª rodada – Vasco 3 x 2 Sport

Num duelo em que rolou gols de bicicleta, pênalti, contra, de rebote, Magrão fez ótimas defesas e Yago Pikachu dominou a partida, marcando duas vezes. O Vasco venceu o Sport com o gol da vitória sendo marcado por Ramon aos 44 do segundo tempo.

7º – Atlético-MG 5 x 2 Fluminense – 11ª rodada

Uma partida eletrizante que virou goleada nos minutos finais no Independência. O Fluminense saiu na frente com gol do lateral Gilberto, tomou a virada com Leonardo Silva e Róger Guedes, marcando aos 45 minutos, mas, dois minutos mais tarde, aos 47, Pedro empatou e encerrou um primeiro tempo agitado em Minas Gerais. Daí em diante só o galo empurrou bolas para a rede. Tomás Andrade, aos 20, Ricardo Oliveira, aos 41 e Róger Guedes novamente, aos 49, decretaram a goleada por 5 x 2 que levou o time mineiro ao segundo lugar na tabela.

6º – Vasco 1 x 4 Corinthians – 16ª rodada

Em uma partida movimentada, com belos chutes de fora da área e bola na trave, o Vasco abriu o placar de pênalti aos 45 do primeiro tempo com Yago Pikachu, mas levou a virada no segundo, e que virada! Com hat-trick de Romero, o Corinthians fez quatro gols e se aproximou da comissão de frente do campeonato. Uma partida de tirar o fôlego na etapa final.

5º – Vitória 3 x 4 Botafogo – 26ª rodada

De virada e com Erik em boa jornada, o confronto distribuiu gols e emoções aos torcedores no Barradão. Orquestrado por Erik, que participou de três dos quatro gols, o Botafogo venceu o Vitória num duelo direto na briga contra o rebaixamento. Ronaldo fez ótimas defesas, mas não conseguiu segurar Lindoso e Erik, além do companheiro Léo Gomes que fez contra.

4º – Atlético-MG 5 x 2 Sport – 27ª rodada

Que jogo! Virada, chuva de gols no primeiro tempo, expulsão, belas jogadas e defesas difíceis. Atlético Mineiro e Sport protagonizaram bom futebol no Independência. O leão abriu o placar no início do jogo com gol contra de Leonardo Silva, mas tomou a virada com quatro gols ainda no primeiro tempo, com Elias, Fábio Santos, Emerson e Cazares. Michel Bastos descontou e Ricardo Oliveira ampliou. Durval ainda acabou levando vermelho no jogo.

3º – Palmeiras 4 x 0 América-MG – 36ª rodada

Em uma Arena lotada em São Paulo, podendo ser campeão na rodada, o Palmeiras goleou bonito o América, no segundo tempo. A equipe mineira foi bem na primeira etapa mas não conseguiu segurar a avalanche palmeirense na segunda.

O Palmeiras só abriu o placar aos 13 minutos do segundo tempo, com Luan. Willian, aos 30, fez o segundo. Dudu, o melhor em campo, fez um golaço, aos 32′. Deyverson marcou o quarto aos 36 minutos, e se machucou no lance, sofrendo um corte na cabeça. Durante a partida, um boato vindo da torcida de um gol que mexeria na classificação, fez com que jogadores, torcedores e até o Felipão fossem a loucura, na imagem que marcou a rodada.

2º – Bahia 3 x 3 Botafogo – 11ª rodada

Um duelo de tirar o fôlego na Fonte Nova. Com um carnaval de gols, Bahia e Botafogo empataram, com o alvinegro estando a frente do placar por três vezes e levando o empate dos donos da casa. Kieza duas vezes, Régis, Vinícius, Leo Valencia, Allione foram os responsáveis belas bolas nas redes. Mas não parou por aí: Aguirre terminou expulso ainda no primeiro tempo, deixando o alvinegro com um a menos; Allione decretou o número final do placar aos 48 do segundo tempo; Kieza deu show e marcou duas vezes na casa onde teve seu melhor desempenho em uma única temporada; e o interino Cláudio Prates, que substituía Guto Ferreira, fez substituições certeiras na partida. Um verdadeiro duelo entre equipes da Série A.

1º – Palmeiras 3 x 2 Atlético-MG – 14ª rodada

Drama e vitória sendo decidida aos 48 do segundo tempo. Em um jogo pegado, com reclamações contra a arbitragem, o bom futebol chamou a atenção e a chuva de gols tomou conta da Arena Palmeiras.

Moisés e Bruno Henrique, duas vezes, fizeram os outros gols alviverdes. Luan e Chará descontaram para o Galo. Matheus Galdezani acabou expulso após o apito final. Bruno Henrique foi o cara do jogo, primeiro, marcou um golaço de falta, seu segundo com a camisa do Palmeiras, depois, aos 48, definiu a vitória invadindo a área e cabeceando para o gol.

 

Sobre Iago Almeida

Iago Almeida já escreveu 72 posts nesse site..

Iago de Almeida Silva, mineiro, nascido em Seritinga e residente em Varginha, 24 anos. Estou cursando o 4° período de jornalismo no Grupo UNIS. Desde criança sou vidrado pela área da comunicação. Estou me apaixonando a cada dia mais pelo Jornalismo Esportivo. Uma frase que me motiva: "O futuro não se encaixa nos contentores do passado" - Rishad Tobaccowala.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Iago Almeida
Iago de Almeida Silva, mineiro, nascido em Seritinga e residente em Varginha, 24 anos. Estou cursando o 4° período de jornalismo no Grupo UNIS. Desde criança sou vidrado pela área da comunicação. Estou me apaixonando a cada dia mais pelo Jornalismo Esportivo. Uma frase que me motiva: "O futuro não se encaixa nos contentores do passado" - Rishad Tobaccowala.

Artigos Relacionados

Topo