Serrano recebeu Atlético de Cajazeiras e foi goleado dentro de casa

Depois de pré-temporada intensa, o Serrano se surpreendeu com o resultado negativo e pretende fazer mudanças até a próxima rodada

A partida deste sábado (12) foi marcada por decepção pelo Serrano e por alegria e sensação de dever cumprido pelo Atlético de Cajazeiras. É que ambos se enfrentaram pela primeira rodada do Campeonato Paraibano no estádio Amigão, a casa do Lobo da Serra, que foi goleado. A larga e expressiva vitória do Trovão Azul de 3 x 0 mostrou à comissão técnica que o trabalho realizado foi positivo.

1º Tempo

Quando a bola rolou, houve um equilíbrio nos 10 primeiros minutos entre os dois times. Depois disso, as coisas começaram a desandar para o Serrano. De forma bem mais ofensiva, o Atlético de Cajazeiras partiu para cima do adversário e tentou criar boas chances de gols. O mandante teve poucas claras chances que não foram finalizadas. Aos 17’, um passe de bola entre o meia Marcinho e o atacante Mendes, do time visitante, quase resultou em um gol que foi defendido pelo arqueiro Alviverde.

Aos 26’, a rede do Serrano balançou: Mendes abriu o placar para o Azulino. Aos 30’, uma falta na grande área resultou em pênalti favorável ao Atlético que foi cobrado por Marcinho, ampliando a vantagem. Aos 33’, o atacante Jones, do time da casa, foi amarelado e assim terminou a primeira etapa da partida.

2º Tempo

O Serrano e o Atlético de Cajazeiras já entraram modificados com uma e duas substituições respectivas. A alteração do Lobo foi no ataque. Jones, que já estava amarelado, foi substituído por Diego Furtado. As mudanças do Trovão foram a substituição de Michel por Felipe e de Yerien por Tchê Tchê. Com o resultado negativo, o mandante começou a se desesperar e criar jogadas agressivas.

Em uma entrada na tentativa de defender seu time, o zagueiro Darlan esbarrou em Tchê Tchê na grande área e o juiz marcou o pênalti, que foi cobrado também por Marcinho aos 14’. Aos 24’, Romerito aplicou carrinho em Renato Diniz e também é amarelado. Aos 30’, Luciano Silva fez as duas últimas alterações do anfitrião, substituindo Cláudio por Tales e Igor por Lucas. Aos 36’, o comandante atleticano fez a última alteração, saindo Mendes e entrando Luiz Gustavo. Sem mais lances extraordinários, a partida acabou com Serrano 0 x 3 Atlético de Cajazeiras.

E Agora?

Ao final da partida, o comandante Alviverde, Luciano, se mostrou totalmente insatisfeito com o posicionamento técnico e tático do time, considerando um resultado diferente do esperado pelo que foi trabalhado durante a fase preparatória. Segundo ele, é preciso pelo menos um dia para estudar toda a partida e ver quais as correções e alterações devem ser feitas até a próxima rodada do campeonato.

“Jogamos muito mal. A equipe do Atlético mereceu o resultado. Não encaixamos a proposta de jogo que queríamos. Assimilaremos o jogo. Vi muitos erros grosseiros que serão corrigidos e analisaremos com calma e frieza onde precisamos melhorar, mas adianto que precisamos melhorar muito”, comentou o comandante.

O próximo confronto do Serrano será pela segunda rodada do Campeonato Paraibano na próxima quarta-feira (16), às 21h30, contra o CSP, no estádio Almeidão, capital paraibana.

Já o comandante do Azulino, Ederson, disse que a partida aconteceu exatamente dentro do que foi trabalhado na pré-temporada, atingindo as expectativas e o resultado final esperado. No entanto, ele disse que ainda tem todo o campeonato pela frente e que analisará os erros e acertos cometidos, para que o time entre em campo ainda melhor diante dos próximos adversários.

“O time fez tudo como trabalhamos, agredindo na hora certa e baixando a linha no momento devido. No próximo jogo, diante do Treze, estaremos bem mais concentrados e ainda melhores”, disse Ederson.

A segunda rodada do Atlético de Cajazeiras será contra o Treze no próximo sábado (19), às 16h, dentro de casa, no estádio Perpetão. A expectativa é de casa cheia no estádio do sertão.

Melhores Momentos

Sobre Lídice Pegado

Lídice Pegado já escreveu 19 posts nesse site..

Sou Lídice Pegado, 21 anos, natural de Campina Grande-PB. Sou estudante de jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), estagiária do caderno de esportes do Jornal Correio da Paraíba, apaixonada por jornalismo e amante do jornalismo esportivo. Minha paixão por futebol começou desde criança, quando acompanhava meu pai ao estádio para ver nosso time jogar. Amante, também, da escrita, espero poder contribuir com vocês de forma virtual no mundo da bola.

Lídice Pegado
Sou Lídice Pegado, 21 anos, natural de Campina Grande-PB. Sou estudante de jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), estagiária do caderno de esportes do Jornal Correio da Paraíba, apaixonada por jornalismo e amante do jornalismo esportivo. Minha paixão por futebol começou desde criança, quando acompanhava meu pai ao estádio para ver nosso time jogar. Amante, também, da escrita, espero poder contribuir com vocês de forma virtual no mundo da bola.

Artigos Relacionados

Topo