São Paulo vence nos pênaltis e mantém sonho do tetra da Copinha

Tricolor contou com noite inspirada de Thiago Couto que defendeu três cobranças

O São Paulo está classificado para ás semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior, os Garotos de Cotia venceram o Cruzeiro nas penalidades após empate de um gol no tempo normal (gols de Paulinho e Vinicius Popó) e garantiu a vaga. No primeiro tempo, a equipe dominou o adversário de poderia ter matado o jogo, a segunda etapa foi mais equilibrada. Destaque para Thiago Couto que defendeu três cobranças e se tornou o herói da partida e deixa vivo o sonho do ”tetra”.

1º TEMPO

O São Paulo começou com a posse de bola, buscando se infiltrar na defesa adversária, enquanto a Celeste buscava aproveitar os contra-ataques, mas aos quatro minutos, Antony cruzou pela direita, os defensores da equipe mineira se atrapalharam, a bola sobrou para Paulinho que dominou na pequena área e chutou na saída do goleiro, foi o primeiro gol do camisa 20 na competição e logo no dia de seu aniversário.

Após a abertura do placar, o jogo mudou um pouco de figura, com o Tricolor recuando e buscando o contragolpe, enquanto a raposa detinha a bola, mas não conseguia levar perigo. As 16′ Antony cruzou de três dedos na área, a bola bateu no defensou do Cruzeiro, porém o arbitro não assinalou a penalidade máxima. Aos 26′ Gabriel Novaes fez ótima jogada, passando por dois marcadores, mas na hora da finalização foi bloqueado pela defesa. Logo depois o centroavante recebeu na entrada da área e obrigou o goleiro a fazer a defesa.

O clube paulista estava soberano no jogo, tendo a posse de bola, e as melhores chances, mas em dois lances o Cruzeiro mostrou porque chegou a esta fase do torneio. Ao 29′ Vinicius Popó recebeu pelo lado direito, invadiu a área e chutou forte para a defesa de Thiago Couto, e logo depois Michel acertou chute rasteiro de fora da área e levou perigo.

O goleiro são-paulino apareceu mais uma vez, desta fez fazendo duas ótimas defesas, a primeira após chute cruzado de Caio, obrigando o goleiro a espalmar para o canto esquerdo, no rebote Popó finalizou de canhota, e o arqueiro defendeu com os pés, salvando o que seria o empate Celeste na partida.  Aos 39′ Michel arrancou pelo meio campo e chutou rasteiro de fora da área, Couto agarrou firme. Aos 42′ o Tricolor fez ótima jogada coletiva, fazendo a bola passar de pé em pé, Fabinho recebeu de Gabriel Novaes e finalizou para boa defesa do goleiro.

2º TEMPO

Quem chegou pela primeira vez ao ataque no segundo foi a equipe mineira, aos três minutos com Maurício, que recebeu cruzamento na área e cabeceou, o goleiro Thiago Couto defendeu em dois tempos. Com mais ofensividade, a Celeste chegou ao gol de empate. Aos seis, após cruzamento de escanteio, Vinicius Popó cabeceou para o gol, Tuta tentou tirar mas a bola bateu no goleiro e entrou.

Aos 10′ Antony cortou da direita ara o meio e mandou uma bomba de fora da área e a bola passou perto do angulo e levou muito perigo. O jogo ficou bem disputado no meio campo, mas sem grandes chances, o duelo ficou marcado por nervosismo e passes errados, até os 22′ quando Leonardo recebeu na direita, dentro da área, cortou o lateral e chutou para Couto defender.

Aos 26′ após bela triangulação, Antony achou Gabriel Novaes no lado direto da área, o atacante cruzou para Fabinho, que pegou muito embaixo da bola e ela subiu demais. Nos 30′ Caio recebeu presente da defesa adversária e mandou uma bomba que foi para fora. Com 31′ o camisa 9 são-paulino foi achado dentro da área e finalizou, com desvio do goleiro a bola foi para escanteio.

Com o confronto muito tempo, alguns lances acabavam sendo mais duros, e os jogadores de ambas as equipes já demonstravam cansaço e nervosismo com o empate e com o tempo passando. Aos 36′ houve um princípio de confusão após discussão de Antony com Caio, com ambos tomando cartão amarelo. Nos 48′ Gabriel Novaes, artilheiro do campeonato, perdeu a cabeça ao receber um encontrão, da cotovelada no adversário e foi expulso. Com o empate, o resultado foi para os pênaltis.

PENALIDADES

O Cruzeiro começou com as cobranças, seu primeiro batedor foi Marco Antonio, o meia chutou rasteiro no lado direito, o goleiro passou perto na bola, porém não alcançou. Edcarlos foi para a cobrança, chutou na esquerda, na bochecha da rede e deixou o empate. João Luiz foi o segundo atleta da Celeste a bater e converter no lado direito. O zagueiro Morato foi cobrar para o Tricolor, chutou forte de canhota, no angulo e deixou 2 x 2.

O camisa 9 Leonardo, da raposa foi para a batida e isolou por cima do gol. Tuta do São Paulo tinha a chance de deixar o time em vantagem e assim fez, chutando na esquerda, com estilo. Jonatã Monteiro, também finalizou no lado esquerdo e deixou tudo igual, 3 x 3. Outro zagueiro, Fasson bateu no meio e deixou o Tricolor próximo da classificação.

Adriano foi cobrar, o cruzeirense bateu friamente, no meio do gol, de cavadinha. Vitinho teve a oportunidade de dar a classificação para os Garotos de Cotia e desperdiçou, Jonathan Braz defendeu, o duelo foi para as alternadas. Mas Liberato foi para a batida, e o goleiro do São Paulo, Thiago Couto, defendeu no lado esquerdo. Cássio tinha a chance de sacramentar o jogo, mas errou a cavadinha, por cima do gol.

Edu bateu e fez para o Cruzeiro. Diego foi para a penalidade e bateu muito bem, no angulo. A equipe mineira foi para a cobrança com Paulo, mais uma vez o goleiro são-paulino defendeu o seu terceiro pênalti, e deixando a classificação por conta de Sena que cobraria a suposta última cobrança, e foi! O camisa 14 bateu no canto direito do goleiro e deu a vaga para ás semifinais da Copa São Paulo.

E AGORA?

O São Paulo está nas semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior, mais uma vez, após vencer a equipe Celeste por 6 x 5 nas cobranças de pênaltis (1 x 1 no tempo normal), Os garotos de Cotia terão pela frente um conterrâneo, o Guarani, de Campinas, que venceu o Figueirense mais cedo , por 2 x 1 e garantiu a vaga após 19 anos sem estar entre os quatro melhores da competição. Data e horário ainda será definido pela Federação Paulista de Futebol.

MELHORES MOMENTOS

Sobre Alexsander Vieira

Alexsander Vieira já escreveu 189 posts nesse site..

Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 20 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FIAM FAAM.

Alexsander Vieira
Olá, me chamo Alexsander Vieira, tenho 20 anos e um amor intenso por futebol. Sou estudante de jornalismo pela FIAM FAAM.
http://www.radioprado.com.br

Artigos Relacionados

Topo