Paysandu vence e Renan Rocha comemora vitória “fiquei muito feliz”

Responsável por pelo menos 3 grandes defesas, Renan Rocha comemora vitória diante do Guarani
Paysandu vence e Renan Rocha comemora vitória "fiquei muito feliz"

O Paysandu quebrou um longo jejum de oito jogos ao vencer o Guarani por 1 x 0, na noite desta terça-feira (24), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Responsável por pelo menos três grandes defesas, sendo que a principal aconteceu nos acréscimos, em um cabeceio de Marcão em que o goleiro Renan Rocha defendeu no chão. No rebote, Rafael Longuine chutou por cima. O arqueiro foi eleito o melhor jogador em campo pela torcida e imprensa local.

“Fiquei muito feliz em poder ter ajudado diretamente para essa vitória, vínhamos fazendo bons jogos e a vitória não acontecia, mas ontem fomos muito bem defensivamente e seguramos essa vitória junto da nossa torcida. Temos mais um jogo dentro de casa na sequência, e sabemos que se vencermos, encostamos no G4, se quisermos sonhar com o acesso temos de ter essa sequência de vitórias”, disse Renan Rocha, goleiro do Paysandu.

Mike, aos 15 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida no Estádio da Curuzu. Esta foi a primeira vitória do Papão sob o comando do técnico Guilherme Alves, o deixando com 21 pontos, em 13º lugar na tabela.

Renan Rocha finaliza falando sobre a expectativa para a próxima partida, diante do Figueirense.

“Em casa não podemos perder mais pontos, vamos buscar a vitória do início ao fim, espero conseguirmos a vitória para o nosso torcedor em homenagem ao dia dos 100 anos do nosso estádio Curuzu”, finalizou.

No final de semana já acontece a 18ª rodada e o Papão vai atuar em casa. O Paysandu vai receber o Figueirense, sexta-feira, às 21h30.

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 540 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo