Palmeiras vence o Bragantino e afasta fantasma do pós clássico

Nesta noite quente de segunda-feira, o Verdão marcou duas vezes e assumiu a liderança do grupo B

 Uma sensação incomodou o torcedor palmeirense e o elenco do Palmeiras durante a semana: a derrota diante do rival, Corinthians, no domingo anterior, e uma vitória agora seria a melhor forma de acalmar os ânimos da exigente torcida alviverde. Mais de 21 mil presentes no Pacaembu, ou Porcoembu, puderam ver o Verdão vencer  por 2 x 0 o Bragantino. Com isso, mais três pontos garantidos, a equipe da capital chega a 13 pontos e assume a ponta do grupo B.

1° Tempo

O time visitante até tentou propor o jogo, mas logo aos oito minutos já levou um banho de água fria, quando Moisés limpou a jogada e deu um belo presente para Dudu marcar o primeiro gol da partida. Antes disso, Scarpa havia marcado o primeiro tento, mas estava impedido. Mas o camisa 14 não desistiu. Com ele, Dudu e Borja, o ataque palmeirense pressionou a zaga alvinegra em tentativas que levaram muito perigo ao gol de Alex Alves. Sem dúvida essa era a noite de Dudu, que chamou o protagonismo.

O camisa 7 participou no que seria o segundo gol do Palmeiras, deixando o Clauber para traz e entregando a bola limpinha para Borja partir para cima. O goleiro Alex Alves estava atento, mas perdeu o tempo de bola derrubando Borja dentro da pequena área, e o árbitro Vinicius Furlan marcou penalidade máxima a favor do Verdão. Scarpa cobrou no cantinho, sem chances para o goleiro de Bragança defender, e ampliou o placar. No primeiro tempo Fernando Prass foi pouco exigido, e a zaga do Palmeiras estava bem atenta.

2° Tempo

Precisando de uma virada, o Bragantino teve que sair mais para o jogo e exigiu um pouco mais do Palmeiras na segunda etapa. Mas ainda assim, o time da casa dominou a partida. Logo aos dois minutos, Borja pegou um rebote do goleiro do time alvinegro, e isolou a bola. Um padrão de jogo se repetiu nesta segunda etapa. Muitas tentativas, muita troca de passe e nenhum gol. O Bragantino conseguiu oferecer mais perigo, exigindo algumas boas defesas de Fernando Prass, como aos 15 minutos, após uma cobrança de falta.

Mas o goleiro que brilhou mesmo foi Alex Alves, que, por várias vezes salvou o Bragantino de sofrer mais gols, com direito a chute a queima roupa de Moisés. Dessa forma, a partida terminou 2 x 0 para o Verdão. Felipão testou mais alguns jogadores em posições. Tirou Dudu, o astro da partida, e colocou Carlos Eduardo. Sacou Gustavo Scarpa e colocou Lucas Lima. Após a partida, o técnico alviverde questionou as cobranças por parte da torcida e lembrou que o time quase não perdeu desde 2018.

E AGORA?

Com o resultado, a equipe palmeirense se distancia mais na liderança do grupo B do Paulistão, com 13 pontos ganhos, dois a mais que o Novorizontino, segundo colocado. Já o Bragantino cai para a segunda colocação, com oito pontos, a mesma pontuação da Ferroviária, porém o saldo de gol da Ferrinha é melhor.

Na próxima rodada, o verdão tem pela frente justamente a Ferroviária, no próximo domingo (17), às 17h (horário de Brasília, na Fonte Luminosa. Já o Massa Bruta joga no sábado, dia (16), diante do São Caetano, no Anacleto Campanela, às 16h30, (horário de Brasília).

Melhores momentos

Sobre Valéria Contado

Valéria Contado já escreveu 102 posts nesse site..

Eu sou a Val Contado, quase jornalista há 3 anos, apaixonada por futebol há 22, desde quando meu pai colocou em mim o uniforme do nosso time do coração. Adepta da arte da resenha, falar e respirar futebol é o que eu mais gosto de fazer.

Valéria Contado
Eu sou a Val Contado, quase jornalista há 3 anos, apaixonada por futebol há 22, desde quando meu pai colocou em mim o uniforme do nosso time do coração. Adepta da arte da resenha, falar e respirar futebol é o que eu mais gosto de fazer.

Artigos Relacionados

Topo