Palmeiras terá time feminino em 2019

Presidente garante que já tem uma comissão técnica para a versão feminina do Verdão
Palmeiras terá time feminino em 2019

Para se adequar as novas regras impostas pela Conmebol, o Palmeiras terá um time feminino em 2019. Todo clube que disputar uma Copa Libertadores e Copa Sul-americana deverá ter um time feminino. O presidente Maurício Galiotte garantiu que já está com platel de mulheres pronto para entrar em campo pela primeira vez.

“Estamos montando para o próximo ano. Já temos comissão técnica e todo trabalho de infraestrutura em andamento”, afirmou o presidente Maurício Galiotte à jornalista Cintia Barlem, do Blog Dona do Campinho.

O coordenador de seleções femininas da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, Marco Aurélio Cunha, acredita que a adequação dos clubes à nova regra trará benefícios à modalidade.

“Beneficio total para a seleção e para o futebol feminino. Os clubes que a princípio reclamavam, diziam “temos que resolver esse problema”, obviamente não é um problema”, disse Marco Aurélio Cunha.

Além do Palmeiras, o Cruzeiro, Internacional, Grêmio, São Paulo e Atlético-MG são os times brasileiros na Copa Libertadores 2019. Já o Atlético-PR, Botafogo, Santos, Bahia, Fluminense e Corinthians estão na Sul-Americana.

Camilla Magalhães

Sobre Camilla Magalhães

Camilla Magalhães já escreveu 45 posts nesse site..

Me chamo Camilla Magalhães, tenho 23 anos, sou de Santo Andre e estudo último ano de jornalismo. Sou torcedora do Santos, mas prefiro usar a imparcialidade. Quando era pequena a paixão por futebol me tomou e sigo eternamente apaixonada pelo esporte. Meus ídolos no futebol são o volante Renato, do Santos e no futebol feminino a rainha Marta. Meu exemplo no jornalismo esportivo é o André Hernan.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Camilla Magalhães
Camilla Magalhães
Me chamo Camilla Magalhães, tenho 23 anos, sou de Santo Andre e estudo último ano de jornalismo. Sou torcedora do Santos, mas prefiro usar a imparcialidade. Quando era pequena a paixão por futebol me tomou e sigo eternamente apaixonada pelo esporte. Meus ídolos no futebol são o volante Renato, do Santos e no futebol feminino a rainha Marta. Meu exemplo no jornalismo esportivo é o André Hernan.

Artigos Relacionados

Topo