Noite “horriver”: Argentinos calam Grêmio e decidem Libertadores

River Plate se classifica para a final da competição continental e aguarda vencedor de Palmeiras e Boca
River vence grêmio e avança para final

Cenário completamente fora do roteiro para o Grêmio. O tricolor recebeu o River, para a segunda partida da semifinal da Copa Libertadores da América 2018. Com a vitória no jogo de ida pelo placar de 1 x 0, o Grêmio necessitava apenas de um empate para se classificar para mais uma final na história da competição, mas o que realmente aconteceu foi uma trágica eliminação, recheada de polêmicas e virada dos hermanos nos instantes finais, em um estádio lotado de gremistas.

1° Tempo

A equipe do River Plate veio ao Brasil precisando vencer a partida para atingir a classificação. Punido pela Conmebol, o técnico Marcelo Gallardo, viu das tribunas os seus comandados encurralarem o Grêmio na primeira etapa, jogando de forma diferente da partida anterior. No primeiro minuto, Quintero cortou a zaga tricolor com um passe milimétrico que encontrou Borré. O atacante recebeu no bico da pequena área com condições plenas de abrir o placar, mas finalizou para longe do gol gaúcho. Aos nove’, após troca de passes na intermediária, os argentinos chegaram em mais uma oportunidade. O veterano Ponzio arriscou de longe, para a boa intervenção de Marcelo Grohe.

Aos 10′, o grêmio esbouçou uma resposta. Após contra ataque rápido, Alisson finalizou sem provocar perigos ao goleiro Armani. O River insistia em chutes de longa distância e mais uma vez assustou. Aos 12 minutos, foi a vez de Palacios arriscar de longe e assustar os gremistas. Os gaúchos sustentavam o resultado e jogavam com o regulamento, mas era os argentinos que buscavam a partida e aos 27, em boa troca de passes, mais uma vez, Palacios, arriscou de fora da área e a bola passou muito perto.

O River martelava, mas quem chegou ao gol foi o Grêmio. Após escanteio cobrado por Alisson, a bola desviou e sobrou limpa para Leonardo, que acertou um lindo chute e abriu o marcador. Na frente do placar, a estratégia de se defender amplificou ainda mais, enquanto o River continuava atacando com perigo.

https://twitter.com/Gremio/status/1057441810166046721

2° Tempo

O comportamento defensivo do Grêmio na primeira etapa incomodou Renato e o tricolor voltou completamente diferente para o segundo tempo, enquanto o River continuava arriscando de fora da área. Aos 16 minutos, Everton recebeu do lado esquerdo, passou facilmente pela marcação e finalizou, o goleiro Armani realizou a defesa. A entrada de Everton soltou o Grêmio, que foi para o ataque. No minuto 19, após nova jogada do Cebolinha, o zagueiro Maidana precisou se jogar na bola e quase fez gol contra.

O tricolor viveu seu momento mais lúcido na partida e não deixou o River atacar, parecia que o segundo gol era questão de tempo, e quase foi. Após passe espetacular de Cícero, Everton teve a oportunidade de fechar o placar, mas de frente para o Goleiro Armani, o gremista finalizou mal e o arqueiro argentino fez a defesa da classificação.

Aos 36 minutos, quando a partida corria para a reta final, o River empatou. Em falta frontal, Pity Martinez encontrou Borré, que empurrou a bola para o fundo das redes, em lance polêmico. O gol foi suficiente para desestabilizar o Grêmio e levantar o aguerrido time argentino.

Três minutos depois do empate, após finalização de Scocco, o árbitro de vídeo entrou em ação. O juiz assinalou um toque de mão de Bressan, marcou o pênalti e expulsou o zagueiro. Pity Martinez marcou e sacramentou a classificação do River Plate para a final da Copa Libertadores da América 2019.

https://twitter.com/CARPoficial/status/1057480962546774017

E Agora?

Com o resultado, o clube argentino assiste de camarote a decisão entre Palmeiras e Boca, para saber quem será o seu adversário. Em seguida, enfrenta o Estudiantes pelo torneio nacional. O Grêmio retoma as atenções para o Campeonato Brasileiro e visita o Atlético-MG no próximo sábado.

Confira os melhores momentos

Sobre Paulo Araújo

Paulo Araújo já escreveu 35 posts nesse site..

Estudante de jornalismo, baiano que ama futebol. Torcedor do Esporte Clube Vitória, amante da magia desportiva. Messista!

Paulo Araújo
Estudante de jornalismo, baiano que ama futebol. Torcedor do Esporte Clube Vitória, amante da magia desportiva. Messista!

Artigos Relacionados

Topo