Nacional vence Fénix e volta ao topo do Clausura Uruguaio

Tricolores seguem 100% no campeonato; rodada ainda teve mais três jogos no domingo com destaque para o empate entre Torque e Defensor sem gols

Campeonato Uruguaio teve o fechamento da rodada no último domingo (5) com direito a recuperação na liderança do Clausura por parte do Nacional, que bateu com facilidade o Fénix, fora de casa. O Boston River venceu o Liverpool em casa. O Progreso foi um visitante indigesto e bateu o Rampla Juniors. Fechando os jogos do fim de semana, o Torque ficou no empate sem gols com o Defensor Sporting.

Clausura Uruguaio – 3ª rodada

Fénix 0 x 3 Nacional

Nacional foi avassalador na etapa inicial e passou o carro em 45 minutos, fazendo todo o resultado, mesmo fora de casa. Aos 15 minutos, Sebastián Fernández, de pênalti, abriu o placar do jogo. Apenas um minuto depois, Matías Zunino fez o segundo. Mais dez minutos e Fernández fez o terceiro e fechou o triunfo. Futebol completo: fenomenal, letal, talentoso e eficaz. A vitória devolve a liderança aos Tricolores que são os únicos 100% do campeonato.

Boston River 1 x 0 Liverpool Montevideo

Boston River fez seu dever de casa e bateu o Liverpool Montevideo pelo placar mínimo, mas que dá um alívio ao time que luta contra o rebaixamento. Atualmente são penúltimo na tabela anual. O único gol do jogo foi marcado pelo brasileiro Diego Coelho, aos 45′ do primeiro tempo, completando assistência de Gonzalo Mastriani. A vitória foi uma bela forma de tentar confortar o coração do torcedor rojiverde, pois vêm de uma eliminação na Copa Sul-Americana diante do Banfield-ARG.

No segundo tempo Paulo Pezzolano recorreu às mudanças, mas a equipe visitante não conseguiu melhorar sua ambição ofensiva. Mastriani teve uma nova chance para Boston, mas perdeu. Liverpool não teve profundidade, no entanto, na hora ensaiou um empate: chute de Pablo Caballero bateu na trave.

https://twitter.com/LiverpoolFC1915/status/1026424020881813505?s=19

Rampla Juniors 1 x 2 Progreso

A primeira metade da peleja foi movimentada, ataque para ambos os lados, jogo aberto e os arqueiros como principais protagonistas. As duas equipes foram para a frente e criaram situações perigosas, o gol só não saiu porque Sebastián Fuentes fez três boas defesas, e Rodrigo Odriozola outras duas.

O segundo tempo condicionou a expulsão antecipada de Mauro Brasil, que é uruguaio. Os donos da casa estavam em desvantagem no início e, por ter um jogador a mais, os visitantes aproveitaram e abriram o placar aos 67 minutos, com Gastón Colmán. Os Flintstones tentaram reagir, mas não conseguiam ultrapassar a defesa gaúcha ferroviária. Há quatro minutos do fim, Facundo Labandeira fez o segundo gol do Progreso. Um minuto depois, os mandantes diminuíram com Diego Martiñones. Com o resultado o Progreso sobe para a terceira posição, e o Rampla segue em 11º do Clausura, e na lanterna da tabela geral.

Torque 0 x 0 Defensor Sporting

Pouco futebol na primeira parte. As duas equipes com abordagens semelhantes. Tudo se tornou impreciso e  um emaranhado com congestionamento no meio-campo. O Torque foi melhor, insinuou nos primeiros minutos com um tiro de médio alcance de Yonatthan Rak, que pôs perigo ao time violeta. Mas Germán Rivero levou ainda mais perigo, mas Fiermarin pegou. Nas etapa final o meio-campo cheio se repetiu e as equipes praticamente não alcançaram o gol. Não tinham profundidade, as defesas claramente antecipavam os ataques. Num jogo ruim, Ernesto Goñi (Defensor) ainda conseguiu ser expulso a cinco minutos do fim.

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 789 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 24 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 24 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo