Medalhões brilham em mais uma semana da MLS

Ibrahimovic, Villa, e Wright-Phillips ajudaram seus clubes a conquistarem bons resultados no fim de semana.
Medalhões brilham em mais uma semana da MLS

Quem disse que idade diz alguma coisa? Na MLS os veteranos têm a sua vez e muitas vezes embalam os times em busca de uma vitória, ou até mesmo de um pontinho precioso na tabela. Nesse fim de semana, tivemos o fechamento da sétima semana de uma das maiores ligas do lado americano do mundo e como sempre, jogos empolgantes. Confira o resumão da rodada:

MLS – Semana 7

Sexta-feira – 13/04

Philadelphia Union 0 x 2 Orlando City

Um jogo cheio de tentativas para ambos os lados, abriu os trabalhos do fim de semana na MLS. Depois de boas chances desperdiçadas nos dois times, Dwyer e Mueller fizeram os dois gols da vitória do Orlando sobre o Philadelhia Union, a terceira seguida na temporada, que serviu para os Lions permanecerem na quinta posição da Conferência Leste, para o Phila restou a oitava posição cinco a menos que o rival.

Vancouver Whitecaps 0 x 2 Los Angeles FC

Sai zica! Não sabemos se foi realmente isso que Bob Bradley pensou, após os gols de Vela e Rossi que deram a vitória ao Los Angeles contra o Whitecaps, mas com certeza o comandante ficou mais aliviado após sair da sequência de duas derrotas seguidas, e o melhor, sem tomar gols, fato que ocorreu nove vezes nas derrotas passadas. Com isso, o Los Angeles se posiciona em quarto lugar no Oeste, enquanto o Whitecaps é o terceiro, um ponto acima dos vitoriosos.

Sábado – 14/04

NY Red Bulls 3 x 1 Montreal Impact

Percebeu que os visitantes dominaram a sexta? Pois é! Mas o Red Bulls tratou de encerrar essa sequência, logo na primeira partida do sábado da MLS. Wright-Phillips, Gamarra e Murillo deram a vitória ao time da casa, mas que sofreu o gol do Impact marcado por Vargas, mas que de nada adiantou para o time canadense. Os Bulls e o Montreal trocaram de posições na Conferência Leste, o time mandante agora é o sexto e o visitante é o sétimo.

Colorado Rapids 2 x 0 Toronto FC

O Toronto vinha embalado após conseguir uma boa vitória sobre o Salt Lake e conseguir sua classificação histórica para a final da ConcaChampions, batendo o América-Mex. Mas a felicidade durou pouco após o Rapids, com Jack Price e Gashi balançarem as redes, e liquidarem a fatura no DSG Park. Agora o time de Altidore, Giovinco e cia. volta a lanterna do Leste com três pontos ganhos e o Rapids é o sexto no Oeste.

Chicago Fire 0 x 1 Los Angeles Galaxy

Sempre ele! Ibrahimovic mais uma vez afiou as garras do leão e fez o gol da vitória, de pênalti, sobre o Chicago Fire. O time de Schweinsteiger, bem que tentou tomar as ações do jogo tendo 60% da posse de bola, mas pouco produziu durante os 90 minutos. A vitória deixa o Galaxy em segundo no Oeste, e a derrota deixou o Fire em penúltimo na tabela do Leste da MLS.

DC United 1 x 0 Columbus Crew

Mesmo com um a menos por boa parte da segunda etapa, após a expulsão de Arriola, o DC United com o gol de Segura no primeiro minuto da partida, bateu o Columbus Crew em casa. Nem mesmo as 24 finalizações dos visitantes, foram o bastante para balançar as redes de Steve Clark. Com a vitória, o DC é o nono na tabela do Leste e o Columbus é o quarto na mesma chave.

New England Revolution 0 x 1 FC Dallas

Jacori Hayes foi o único marcar na vitória do Dallas sobre o New England Revolution, que tentou 21 vezes balançar as redes, mas sem sucesso. Os Toros estão em quinto na tabela do Oeste, já os REVS estão em terceiro no Leste da MLS.

Portland Timbers 3 x 2 Minesota United

E quem pensou que a MLS só tinha resultado magro, ou sem poucos gols na rodada, se enganou. Pelo menos um jogo manteve a sina de muitos gols e coube ao Timbers e ao Minesota brilharem. Mas quem terminou o jogo brilhante foi o time da casa que bateu o rival por 3 x 2, com os gols de Powell, Valeri e Adi. Quintero e Tuiloma (contra), descontaram para os visitantes. O Portland ainda é o penúltimo no Oeste, com cinco pontos, e o Minesota vem com um ponto a mais em oitavo, na mesma chave.

San Jose 2 x 2 Houston Dynamo

O Earthquakes sofreu para empatar em casa contra o Dynamo, no Avaya Stadium. Começou na frente com Erikkson, mas levou a virada do Houston com Martínez e Manotas, mas conseguiu o empate aos 40 minutos Hyka. O empate não foi bom para nenhum dos dois times, que permanecem em nono (Houston) e décimo (San Jose), na tabela do Oeste da MLS.

Domingo – 14/04

Sporting Kansas City 2 x 2 Seattle Sounders

O Mesmo placar que terminou o sábado, apareceu no primeiro jogo do domingo. O Kansas saiu na frente com Ilie Sánchez de pênalti, Bruin empatou para o Seattle aos 48′ do primeiro tempo. Roldan virou jogo para os visitantes, aos 28′, porém Zusi, três minutos depois igualou tudo de novo e deu número finais ao jogo. O empate manteve os mandantes na frente da tabela no Leste, em compensação, deixou os visitantes ainda na lanterna da mesma chave da MLS.

Atlanta United 2 x 2 NY City

Fechando a semana da MLS, o Atlanta recebeu o New York City, no Mercedez-Benz Stadium e não teve sucesso em garantir os três pontos. Garza abriu o placar para os mandantes e Villa de pênalti empatou para os visitantes. No segundo tempo, McCann desempatou para o Atlanta, mas Ring empatou novamente e fechou o placar. O resultado manteve os comandados de Viera na liderança do Leste, e em segundo o time de Tata Martino.

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 271 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo