Ljajić decide e Besiktas vence clássico na Super Lig

O sérvio foi único homem a marcar no Vodafone Park
Pós de domingo do turco

Dois jogos derem sequência para mais uma rodada da Super Lig, o Campeonato Turco. Movimentando as duas pontas da tabela, o Bursaspor conseguiu importante vitória na luta contra a degola, já o Besiktas derrotou o Galatasaray, se firmando entre os quatro melhores da competição.

Super Lig – 14ª Rodada

Bursaspor 2 x 1 BB Erzurumspor

Jogando em casa, no Bursa Büyükşehir Stadyumu, os Crocodilos conseguiram importante vitória contra os novatos da Super Lig. No primeiro tempo, Umut Meraş abriu o placar aos 36 minutos de jogo, porém, nos acréscimos (aos 48′), Taylan Antalyali recebeu do francês Leo Schwechlen para igualar o marcador.

Na segunda etapa, o Brasil apareceu com Allano, dando passe para o romeno Iasmin Latovlevici fechar o placar da partida. Com a vitória, o Bursaspor assume o décimo lugar, com 19 pontos conquistados, já o BB Erzurumspor estaciona em 14 pontos e pode voltar a zona da degola, em casos de vitórias de Fenerbahçe e Ahisarspor que jogam neste segunda-feira (3).

Besiktas x Galatasaray

O grande jogo do dia aconteceu no Vodafone Park, com o Besiktas recebendo o Galatasaray. Os donos da casa terminaram a primeira etapa na frente, quando aos 18 minutos, Derdiyok cometeu pênalti (colocando a mão na bola), convertido pelo sérvio Ljajić. O segundo tempo teve Galatasaray apertando muito mais a equipe da casa, o goleiro Karius precisou trabalhar em duas oportunidades para garantir os três pontos para a equipe alvinegra. Assim, as duas equipes empatam em pontos na tabela, mas trocam de posições, com o Besiktas em terceiro e o Galtasaray em quarto.

E Agora?

A 14ª rodada da Super Lig terminará na segunda-feira, com mais dois jogos, com foco direto a zona do rebaixamento. Às 15h (horário de Brasília), o Fenerbahçe recebe o Kasimpasa e o Yeni Malatyaspor enfrenta o Akhisarspor. Canários e o time comandado por Roberto Carlos jogam para deixar distante a zona do rebaixamento, já Yeni e Kasimpasa, lutam pelo grupo que irá as competições europeias na próxima temporada.

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 540 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo