Figueirense x Flamengo – Embate de gigantes coloca cinco títulos da Copinha em campo

Anfitriões venceram a competição em 2008, enquanto o Flamengo conquistou quatro títulos e é o atual campão da Copa São Paulo

Pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019, a de 32 avos de final, o Figueirense enfrenta o Flamengo num dos principais jogos desta fase da competição. O duelo acontece nesta sexta-feira (11), às 15h (horário de Brasília), no Estádio Municipal Alfredo Chiavegato, também conhecido como “Campo do Valmont”, “Campo do Nassif” ou “Alfredão”. Na primeira fase, o Furacão Catarinense venceu todos os jogos, tendo 100% de aproveitamento. Por outro lado, o Megão venceu duas de perdeu uma, para o Trindade-GO, o que os deixou na 2ª colocação.

Figueirense

O Figueira não entra como favorito no confronto, apesar de estar 100% no torneio, diferente de seu rival. Contudo, enfrentam um difícil adversário e que tem tradição na Copinha, da qual já levaram quatro canecos. O alvinegro conta com o bom zagueiro Wesley como destaque. Seguro defensivamente, o defensor também é bastante técnico e, apesar de ter 1,90 de altura. Tem como ponto forte seu jogo aéreo, tanto defensivo quanto ofensivamente, onde guarda alguns gols.

Além disso dito acima, o clube ainda mostra uma força de vontade e poder de reação. Em duas partidas, 2ª e 3ª rodada, o Furacão começou perdendo e conseguiu virar o jogo e sair vencedor garantindo os três pontos. João Diogo é uma das forças ofensivas da equipe catarinense. O atacante já marcou três vezes até aqui, sendo os artilheiro do time na Copinha.

Provável escalação: Vinicius; Weverton, Wesley, Alessandro e Alison; Jean, Bruno, Echaporã e Carlinhos; João Diogo e Gabriel. Técnico: Fábio Matias.

Flamengo

O rubro-negro carioca entra com todo o favoritismo, apesar de ter passado em 2º lugar. O clube conta com uma ótimo sistema defensivo, que sofreu apenas um gol nesta Copinha, justamente na derrota para o Trindade. Além de uma boa estrutura na zaga, também tem um ataque poderoso, que marcou oito gols em dois jogos, só passando em branca no revés de placar mínimo. Bill é o destaque, até então, com três gols marcados, sendo um dos artilheiros do time na competição.

O time também conta com o jovem Rodrigo Muniz, de apenas 17 anos, que está em sua primeira Copinha e tem a responsabilidade de substituir Vitor Gabriel, grande nome do Sub-20 do Urubu que está com o elenco principal na Florida Cup. O jovem tem média de um gol por jogo na fase de grupos, tendo os mesmos três de Bill. O Mengão não contará com Yuri (atacante): entorse no tornozelo e Matheus Alves (volante): suspenso pelo segundo cartão amarelo.

A experiência e a estrela de Maurício Souza, que após recente passagem pelo
futebol profissional como auxiliar técnico na comissão técnica permanente de Mauricio Barbieri, tenta
entrar para a história do Flamengo como o primeiro treinador bicampeão da Copinha, será primordial.

“Esperávamos classificar em primeiro, mas não aconteceu. Na verdade muda muito pouco, não vamos precisar sair da cidade e isso é bom! Fizemos bons jogos e com algumas dificuldades na parte final do campo, muito também pelo estado do gramado que não ajuda muito a quem quer jogar com a bola. Mas o importante era classificarmos e conseguimos! A cabeça está boa, a disputa entre eles é sadia e o grupo sabe que o rendimento é prioritário para sair jogando. Estamos analisando o adversário, recuperando nossos atletas e tenho certeza de que vamos colocar em campo uma equipe capaz de performar bem e sair com a vitória. O Figueirense é uma bela equipe, muito bem organizada e que, assim como nós, também prioriza o jogo de posse de bola. Precisaremos ter muita atenção e equilíbrio ao longo de todo o jogo. Tem tudo pra ser um belo jogo!”, disse o comandante dos Garotos do Ninho.

Provável escalação: Yago Darub; Vitinho, Natan, Patrick e Michael; Matheus Alves, Gomes, Reinier e Marx; Bill e Rodrigo Muniz. Técnico: Maurício Souza.

Retrospecto

O Figueirense fez uma primeira fase perfeita. Foram três vitórias em três jogos, apesar do susto na última partida. Estrearam com uma goleada por 4 x 0 sobre o CRB, depois bateram o Botafogo-SP por 2 x 1 e fecharam a participação na fase de grupos com um 3 x 2 contra a Itapirense onde ficou duas vezes atrás no placar. Já o Flamengo, atual campeão, não conseguiu superar o Trindade-GO e passou em segundo. Debutaram em 2019 contra o River-PI, 4 x 0. Perderam para os goianos por 1 x 0 e bateram o Jaguariúna por outra goleada, mais um 4 x 0.

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 853 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 25 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo