Com gol de Pedrinho, Corinthians está na final da Copa do Brasil

Com quase 45mil pessoas, o Timão espantou o fantasma das competições de mata-mata na Arena.

Pelo jogo de volta da Copa do Brasil o Corinthians recebeu o Flamengo em Itaquera, na Arena Corinthians e precisava de uma vitória simples para avançar para a próxima fase, já que o primeiro jogo no Rio de Janeiro foi um empate em 0x0. Precisando vencer, a equipe de Jair Ventura se superou e conseguiu o resultado de 2×1, garantindo vaga na grande final.

1º TEMPO

O Corinthians iniciou a partida como manda o manual, foi para cima do Flamengo, pressionou bem nos minutos iniciais e conseguiu inaugurar o marcador logo aos 14′, com Danilo Avelar. Jadson recebeu na intermediária, levantou a cabeça e viu a movimentação do lateral esquerdo da equipe alvinegra. O camisa 10 colocou a bola com as mãos nos pés de Avelar que só teve o trabalho de empurrar para a rede.

Mas, como de costume, após o gol a equipe corintiana recuou mais do que o necessário e viu o Mengão igualar o marcador quatro minutos depois, 18′. Pará fez uma ultrapassagem na direta e recebeu um belíssimo passe de William Arão. O lateral direito do Flamengo entrou na área e bateu cruzado, a bola desfiou em Henrique e enganou o goleiro Cássio. Gol contra e o placar estava novamente em igualdade, e esse resultado levava a partida para os pênaltis.

O Corinthians ainda perdeu o lateral direito Fagner, o volante Gabriel entrou improvisado em seu lugar. O primeiro tempo terminou com um domínio da equipe carioca que, com um meio de campo mais técnico com Diego, Paquetá e Éverton Ribeiro rodava bem a bola, mas não conseguiu desarmar o esquema defensivo do time de Jair ventura.

2º TEMPO

No volta para a etapa final o jogo continuou o mesmo por um momento e o domínio do Flamengo continuava, com a entrada de Vitinho o time de Barbieri ficou ainda mais ofensivo. Até que o técnico do Timão chamou a joia da base, Pedrinho. A equipe sofria na criação, que contava apenas com Jadson, mas com a entrada do garoto prodígio o camisa 10 corintiano ficou mais a vontade para jogar.

Pedrinho entrou em campo com a camisa 38 e, precisou de apenas 38 segundos para marcar o gol da classificação. Jadson recebeu de Romero, mas não conseguiu dominar a bola, que acabou sobrando para o garoto da base. Pedrinho dominou, limpou duas vezes para a perna esquerda e mandou no contrapé de Diego Alves, que nada pode fazer. 2×1 no marcador e vaga na grande final da Copa do Brasil garantida.

Com quase 45mil torcedores na Arena ontem, o Corinthians se reinventou e se superou para poder passar pela bom time do Flamengo, que claramente tem um elenco melhor. Essas duas equipes voltarão a se enfrentar pelo Campeonato Brasileiro, cinco de outubro, também na casa do Timão.

https://twitter.com/Corinthians/status/1045151304518168581

E AGORA?

A final da Copa do Brasil 2018 será decidida entre Corinthians e Cruzeiro, que venceu o Palmeiras no primeiro jogo por 1×0 e com um empate em 1×1 no jogo da volta, foi suficiente para garantir a vaga na final. A equipe alvinegra vai em busca do seu tetracampeonato da Copa do Brasil, já o time de Mano Menezes busca o seu hexacampeonato.

Sobre Lucas Rodrigues

Lucas Rodrigues já escreveu 44 posts nesse site..

Sou Lucas Rodrigues, tenho 24 anos e desde que me conheço por gente sou apaixonado por futebol. Me formei em jornalismo para poder trabalhar dentro da área esportiva, já que tive uma desilusão quando tentei ser jogador profissional. Já superei isso e hoje eu procuro me especializar cada vez mais no jornalismo esportivo. Fiz curso com o Flávio Prado e já estou em busca de novos conhecimentos, precisamos nos renovar sempre, por isso a busca por novas teorias, conhecimentos precisa ser constante.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Lucas Rodrigues
Sou Lucas Rodrigues, tenho 24 anos e desde que me conheço por gente sou apaixonado por futebol. Me formei em jornalismo para poder trabalhar dentro da área esportiva, já que tive uma desilusão quando tentei ser jogador profissional. Já superei isso e hoje eu procuro me especializar cada vez mais no jornalismo esportivo. Fiz curso com o Flávio Prado e já estou em busca de novos conhecimentos, precisamos nos renovar sempre, por isso a busca por novas teorias, conhecimentos precisa ser constante.

Artigos Relacionados

Topo