Camaronês Webó retorna ao Nacional após 16 anos

Aos 36 anos, jogador chega com experiência de duas Copas do Mundo, sucesso na Espanha e na Turquia, além de ter sido bicampeão uruguaio com a equipe tricolor na primeira passagem

Visando o título do Campeonato Uruguaio, o Nacional trouxe um velho conhecido dos tricolores. Trata-se do atacante camaronês Pierre Webó. O jogador atuou pela equipe uruguaia entre 2000 e 2002, sendo bicampeão uruguaio. Aos 36 anos, o jogador assinou com os tricolores até o final de 2018 e vai tentar ajudar seu “novo/velho” clube a vencer o torneio. O atleta estava no Gaziantep, da 2ª divisão da Turquia, por onde jogou na última temporadas. O jogador falou sobre seu retorno após 16 anos:

Antes disso, teve passagem por outros três clubes turcos: İstanbul Başakşehir (2011-2013), Fenerbahçe (2013-2015) e Osmanlispor (2015-2017). Porém, antes de passar sete temporadas na Turquia, teve passagem por três clubes espanhóis. Após sair do Nacional, em 2002, assinou com Osasuna, onde ficou entre 2003 e 2007. Neste período chegou a ser emprestado ao Leganés, em 2003, mas sem sucesso nesta passagem. Encerrou seu ciclo nos Gorritxoaks e assinou com o Mallorca, onde também teve relativo sucesso.

Webó disputou duas Copa do Mundo por Camarões, 2010 e 2014. Na seleção desde 2003, o primeiro destaque de Webó foi um hat-trick na vitória por 3 x 2 do seu país na Costa do Marfim nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006, mas sua equipe não se classificou para a Alemanha. Webó marcou em um amistoso de 3 x 1 na derrota para Portugal em 1º de junho de 2010. São 18 gols em 58 jogos por Camarões.

Além de dois campeonatos uruguaios pelo Nacional, Webó tem um vice-campeonato da Copa do Rey em 2004-05 com o Osasuna, uma Super Liga Turca (2013-14), uma Taça da Turquia (2012-13) e uma Supercopa da Turquia (2014). Como prêmio individual, o atacante tem a artilharia da Copa Sul-Americana de 2002, pelo clube tricolor.

Eric Filardi

Sobre Eric Filardi

Eric Filardi já escreveu 622 posts nesse site..

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 24 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Eric Filardi
Eric Filardi
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou. Uma vida nova se anseia. Bem-vindo ao melhor site de futebol. Bem-vindo ao Futebol na Veia.Sou Eric Filardi, paulistano de 24 anos, jornalista de formação e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, sou Peixe, sou Palestra e sou Timão. Sou da Colina, Botafogo, sou Flu e sou do Mengão. Sou Brasil, sou Hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 a 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões, sou Clássico das Multidões. Sou sul, sou nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, sou Raposa, sou Bavi e sou Grenal. Sou Ásia, sou África, sou Barça e sou Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas, que o estádio incendeia, sou Futebol na Veia.
http://www.ericfilardi.com.br

Artigos Relacionados

Topo