Boca Juniors entra em campo pelos 100%

A sexta rodada da Superliga continua neste sábado (14/10), com cinco jogos. No domingo, mais sete partidas, com destaque para o líder Boca Juniors que, fora de casa, diante do Patronato, tenta manter o 100% de aproveitamento. O River Plate precisa vencer o Tucumán para continuar na cola do Boca. E, finalmente, o primeiro clássico do campeonato: Belgrano e Talleres. Na segunda-feira, dois jogos encerram a rodada. Ontem, o Lanús venceu o Unión por 2 a 1, e o San Lorenzo derrotou o Defensa por 3 a 1.

Sábado movimentado na Argentina

Estudiantes x Banfield (Sábado, Ciudad de la Plata, 16h15)

Já faz um tempo que o Estudiantes de La Plata e o Banfield não conquistam um título. O último caneco do time platense foi o Apertura de 2010. Já o alviverde foi campeão pela última vez em 2009, quando ganhou o Apertura.

Com duas vitórias, duas derrotas e um empate, o Estudiantes tenta melhorar o desempenho como anfitrião – vem de três derrotas em casa (duas na Superliga e uma na Copa Sul-Americana). O Pincha é o 13º colocado, com sete pontos.

O Banfield é o sétimo colocado, com nove pontos. O Taladro venceu três partidas e perdeu duas até o momento. Histórico do confronto: é um duelo equilibradíssimo. Nos 35 jogos, foram 13 vitórias do Estudiantes, 11 do Banfield e 11 empates.

Novela Cvitanich: o experiente atacante Darío Cvitanich é pretendido pelo River Plate, para jogar a semifinal da libertadores contra o Lanús, nos dias 24 e 31 de outubro. O técnico Gallardo demonstrou interesse e, inclusive, conversou com o capitão e camisa 9 do Banfield. Mas o presidente do Taladro, Eduardo Spinosa, afirmou que o jogador só sai mediante o pagamento da cláusula de rescisão contratual, no valor de 10 milhões de dólares. Bem provável que o River desista da negociação. Cvitanich tem 33 anos e marcou quatro gols neste início de Superliga.

Domingo mais ainda…

Belgrano x Talleres (Domingo, Gigante de Alberdi, 17h05)

O primeiro clássico da Superliga é o derby de Córdoba: Belgrano e Talleres. A expectativa para essa partida é grande, pois é um confronto direto na tabela. Se o Belgrano vencer, vai a 11 pontos e passa o Talleres, que tem 10 e está em sexto lugar.

Apesar da rivalidade, os presidentes e os capitães de ambas as equipes fizeram uma coletiva juntos, na última quinta-feira, pedindo paz no futebol. Conhecido da torcida brasileira, Guiñazú, com passagem pelo Internacional e Vasco, é o capitão do Talleres (subiu com o time para a primeira divisão em 2016).

Desde 2013, os clássicos são realizados com torcida única. Mesmo com essa medida, ainda há problemas de violência, foram 40 mortes em brigas envolvendo torcida de lá para cá. Outra ação dos clubes para reforçar o pedido de paz, os jogadores irão no mesmo ônibus ao estádio Gigante de Alberdi.

Histórico do confronto: 392 partidas. 132 vitórias do Belgrano (638 gols), 130 do Talleres (647 gols) e 130 empates.

River Plate x Tucumán – (Domingo, Monumental de Nuñez, 19h05)

O River Plate mira seu maior rival e para isso uma vitória sobre o Atlético Tucumán é fundamental para encostar no líder Boca Juniors. A questão é que o time do técnico Gallardo está na semifinal da libertadores e vem de uma maratona de jogos. Enzo Pérez será poupado. O volante serviu a seleção nas duas últimas rodadas das eliminatórias. No seu lugar, entra Ariel Rojas.

Com 11 pontos, o River é o quarto colocado. Quatro a menos que o invicto Boca Juniors. O Tucumán está no 20º lugar, com cinco pontos. Nos últimos cinco confrontos, foram três vitórias para o River, uma para o Tucumán e um empate.

Provável escalação do River Plate: Lux; Moreira, Montiel, Barboza, Casco; Palacios, Rossi, Rojas, De La Cruz; Auzqui e Borré.

Patronato x Boca Juniors (Domingo, Presbítero Bartolomé Grella, 21h05)

Com 100% de aproveitamento, o Boca Juniors é o grande favorito para o jogo contra o Patronato. Os Xeneizes têm cinco vitórias em cinco jogos, o melhor ataque com 13 tentos marcados e a melhor defesa com apenas um gol sofrido.

O técnico do Boca, Schelotto, vai contar com o atacante Dario Benedetto e o volante Pablo Pérez que retornaram da seleção. O time de La Bombonera é o líder, com 15 pontos, e pode até perder que se mantém em primeiro.

Já o Patronato é nono colocado, com nove pontos. Com setes gols marcados e seis sofridos, o rubro-negro venceu três vezes e perdeu duas até o momento na Superliga.

Desfalques no Boca: o capitão Gago operou o joelho direito na última quinta-feira. O volante rompeu os ligamentos do joelho na partida decisiva da Albiceleste contra o Peru, na La Bombonera. Gago vai ficar fora dos gramados de seis a oitos meses. O técnico Schelotto lamentou muito a lesão de Gago e enalteceu a importância do jogador. Pablo Pérez será o novo capitão. Também por lesão, o zagueiro Goltz não joga – no seu lugar, entra Santiago Vergini. Outro desfalque é o meia Cardona, que foi expulso no último jogo.

Confira a rodada completa da Superliga Argentina:

Sexta-feira (13/10)

Lanús 2 x 1 Unión de Santa Fe (La Fortaleza, 19h05)

San Lorenzo 3 x 1 Defensa y Justicia (Nuevo Gasómetro, 21h05)

Sábado (14/10)

Rosario Central x Argentinos Juniors (Gigante Arroyito, 15h05)

Colón x Temperly (Santa Fé, 14h05)

Estudiantes x Banfield (Ciudad de la Plata, 16h15)

Vélez x Newell’s Old Boys (José Amalfitani, 18h05)

Racing x Tigres (Presidente Perón, 20h05)

Domingo (15/10)

Chacarita x Independiente (Presidente Perón, 12h05)

Godoy Cruz x Gimnasia (Malvinas Argentinas, 15h05)

Belgrano x Talleres (Gigante de Alberdi, 17h05)

River Plate x Atlético Tucumán (Monumental de Nuñez, 19h05)

Patronato x Boca Juniors (Presbítero Bartolomé Grella, 21h05)

Vitor Hugo Souza

Sobre Vitor Hugo Souza

Vitor Hugo Souza já escreveu 61 posts nesse site..

Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita.Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Vitor Hugo Souza
Vitor Hugo Souza
Futebol é legal. Jornalismo também. Então, faz as contas ⚽��❤ Sou Vitor Hugo Souza, jornalista formado, eterno jogador do “10 minutos ou dois gols”, e em busca da onda perfeita.Chuteiras nos gramados, jogos decisivos, golaços, dribles, time do coração, bastidores, torcida, emoção, tudo isso mexe com o imaginário. Mais do que um esporte, é futebol na veia.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo