Análise UEFA Champions League – Grupo C

Muita história do futebol europeu em confrontos do terceiro grupo da Champions League
Análise UEFA Champions League - Grupo C

Passado e presente se confundem no grupo C da Champions League. Tem time histórico que volta para a fase principal da competição. E outros que buscam seguir o mais longe possível, pois são elencos experientes e milionários, mas que no papel ainda não tiveram seu brilho máximo. Confira a análise do Futebol na Veia para o terceiro grupo.

Grupo C – UEFA Champions League

Estrela Vermelha

26 anos depois, o tradicional clube da cidade de Belgrado, na Sérvia, volta a disputar uma Champions League. O campeão de 1991 do torneio, também é o atual vencedor do campeonato local, após campanha impecável de apenas uma derrota em 37 jogos.

Mas para chegar ao ápice do início desta temporada, os sérvios precisaram jogar desde a primeira fase de mata-mata, da Liga dos Campeões, passando por Spartaks-LET (2 x 0, no agregado), depois pelo Suduva-LIT (5 x 0, no agregado), Spartak Trnava-ESQ (3 x 2, no agregado) e por fim o RB Salzsburg, empatando os dois jogos e passando pelo critério do gol qualificado, pois fez dois gols na Áustria. Vale lembrar que o Estrela Vermelha não terá torcida para os jogos contra PSG e Liverpool, por conta da invasão de campo de seus adeptos justamente nessa partida que garantiu a vaga para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

No time dez vezes campeão sérvio, um dos destaques vai para a ausência do seu goleador da temporada passada. Aleksandar Pesic, fez 25 gols no campeonato passado e se mudou para a Arábia Saudita, para jogar no Al Ittihad. A responsabilidade dos gols ficou por conta do ganês Richmond Boakye, que também mostrou serviço fazendo 15 gols, na temporada anterior. Ele será bem municiado por Jonathan Cafú, brasileiro que chegou emprestado do Bordeaux, até o fim de 2018/2019.

Liverpool

Atuais vice-campeões da Champions League, o time da cidade dos Beattles começou muito bem a temporada atual. Sem saber o que é perder um ponto se quer na Premier League desta temporada, o clube está motivado e pronto para conseguir chegar ao topo da Europa. Se depender do elenco, no papel, o time é franco favorito não só no seu grupo.

O Liverpool foi às compras e fez contratações pontuais na janela de transferências. Começando pelo gol, onde contratou Alisson, o tornando o segundo mais caro da história na sua posição. Um pouco mais a frente, no meio, trouxe Fabinho do Mônaco, que ainda espera sua chance no time de Kloop. Naby Keita, vindo do Leipzig também chegou para ajudar. Na frente, para ajudar o trio Salah, Firmino e Mané, os ingleses trouxeram Shaqiri, que foi um dos grandes nomes da Suíça no Mundial da Rússia e já começa a aprontar da suas.

https://twitter.com/LFC/status/1039395467128397827

Paris Saint-Germain

Os parisienses são os atuais campeões franceses e de maneira bastante tranquila. Assim como o seu principal rival na chave, chegam invictos nesse princípio de temporada, após cinco jogos oficiais. Já a algum tempo, o time segue na perseguição incessante pelo título máximo europeu, e em 2018/2019 a vontade não é diferente, com a chegada de nomes de peso.

O primeiro deles é Buffon. O experiente goleiro de 39 anos, assim como o seu clube, nunca conquistou o torneio continental e vem com a ambição de conseguir este feito. Outro nome de destaque chegando, é o do lateral Bernat ex-Bayern de Munique, que pode atuar de maneira defensiva e ofensiva pelo lado esquerdo do campo. Porém, a maior relevância é na permanência de seu trio de ataque formado por Cavani, Neymar e Mbappé, o último empolgado pelo título mundial com a sua seleção, além de ser o destaque individual do torneio.

https://twitter.com/PSG_inside/status/1039192985890709506

Napoli

Por fim, os napolitanos foram mal na temporada passada na Champions League e agora vão atrás de melhora no desempenho. O time ficou em terceiro em seu grupo, perdendo a vaga na fase seguinte para o Shakhtar Donetsk. Na Liga Europa, também não passou do primeiro confronto de playoffs, contra o RB Leipzig. Nem a Série A serviu de consolo, pois o time brigou até o fim do campeonato, mas sofreu alguns reveses e perdeu o título para a Juventus.

A aposta é na continuidade do elenco que já vem dando certo a algum tempo, comandados pelo capitão Hamsik no meio-campo e no banco Carlo Ancelotti. Na frente, Callejón e Mertens são as esperanças de gols por todo o ano. Sobre as chegadas, a principal delas é Amin Younes, jogador libanês com descendência alemã vindo do Ajax, que pode atuar nos dois lados do campo ou como um meia mais a frente.

https://twitter.com/sscnapoli/status/1033661057045327872

Em tempo

O grupo tem boas chances de ser um dos mais equilibrados de toda a primeira fase. A tendência também é que os sérvios sejam o famoso “saco de pancadas” ou o “fiel da balança”, já que por ser o time mais fraco, tem tudo para ocupar a lanterna do grupo, mas o futebol pode surpreender. Para as principais posições, no papel Liverpool e PSG despontam, com o Napoli correndo por fora. Os três têm time para ir longe na competição.

Os jogos terão inicio no dia 18 de Setembro, às 16h, horário de Brasília. O Estrela Vermelha joga contra o napoli, no Rajko Mitić Stadion, enquanto isso o Liverpool faz o grande jogo do grupo contra o PSG, no Anfield.

Outros grupos

Análise UEFA Champions League – Grupo A

Análise UEFA Champions League – Grupo B

Análise UEFA Champions League – Grupo D

Análise UEFA Champions League – Grupo E

Ruan Silva

Sobre Ruan Silva

Ruan Silva já escreveu 411 posts nesse site..

Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Please follow and like us:
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram

Comments

comments

Ruan Silva
Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados

Topo